FEHOESP envia carta a representados

Em caráter de urgência, a FEHOESP enviou nesta terça-feira, 24/07, carta a todos os seus representados, alertando para a iminência de votação do PL 347/2018, que trata da redução da jornada profissional da enfermagem.

Confira a carta, na íntegra:

Tramita na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo o Projeto de Lei nº 347, de 2018, de autoria da Deputada Analice Fernandes (PSDB), que propõe a redução da jornada de trabalho de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem para 30 horas semanais.

A FEHOESP, o SINDHOSP e os sindicatos que representam o setor, no Estado de São Paulo, junto com as demais entidades de representação, já adotaram várias medidas visando coibir a votação do referido PL.

Existe a possibilidade de hoje o Projeto de Lei entrar na pauta de votação e, considerando que estamos em ano eleitoral, pode haver tendência dele ser aprovado pelos Deputados Estaduais.

Assim como a representação dos trabalhadores tem se mobilizado pela aprovação do projeto, é importante que o setor patronal manifeste-se junto aos Deputados, solicitando a não aprovação desse PL.

Assim, pedimos que sua empresa encaminhe mensagem aos deputados estaduais, com o texto sugerido:

“Tomamos conhecimento de que tramita na ALESP o Projeto de Lei nº 347, de 2018, de autoria da Deputada Analice Fernandes, que se encontra pronto para ingressar na pauta de votação.

Referido projeto tem por finalidade aprovar a redução da jornada de trabalho de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem para 30 horas semanais.

As equipes de enfermagem já praticam, de longa data, 36 horas semanais, jornada que é estabelecida por meio de convenção coletiva de trabalho. A redução da jornada de trabalho irá gerar dificuldades intransponíveis para os estabelecimentos de saúde, acarretando impacto negativo na assistência à saúde, conforme já foi relatado pelas entidades de representação do setor, em documento encaminhado a V.Exas, que tomamos a liberdade de reenviar.

Contamos com a sensibilidade de V.Exa. para que referido projeto não ingresse na pauta de votação e, se votado, não seja aprovado, vez que trará prejuízos incalculáveis a todo sistema de saúde no Estado de São Paulo, tanto ao setor privado, como ao público, estes últimos custeados pelo orçamento do SUS.”

Sugestão: copie e cole este texto e envie o quanto antes, em nome de sua empresa, para a lista de deputados que disponibilizamos abaixo. Anexe, se possível, a carta disponibilizada logo abaixo.

Lista de deputados

Carta da FEHOESP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s