Anahp também é contra jornada reduzida

A Associação Nacional dos Hospitais Privados (Anahp) divulgou Nota Técnica sobre o impacto da redução para 30 horas da jornada dos profissionais de enfermagem no Estado de São Paulo.

Segundo o documento,  a medida “terá impacto significativo sobre o setor saúde de São Paulo, afetando a assistência aos pacientes, o custo da prestação de serviços nos âmbitos público e privado e, portanto, a sustentabilidade do setor”.

Embora defenda as condições adequadas de trabalho para qualquer profissional de saúde, a entidade também avalia que a carga horária reduzida acabará levando o profissional a buscar novas fontes de renda, prejudicando, assim, a sua qualidade de vida.

Segundo o estudo da Anahp, para manter o nível de atenção no atendimento com a redução da carga para 30 horas semanais, estima-se que seria necessário criar 64.987 novos postos em São Paulo, sendo 16.167 de enfermeiros, 27.337 de técnicos de enfermagem e 21.483 de auxiliares de enfermagem, a maior parte do total (55.768) no setor privado.

O impacto financeiro, para o setor privado, seria de r$ 2,3 bi, sem levar em conta os encargos trabalhistas. Nos setor público, os custos seriam ainda maior, de R$ 2,7 bi.

Confira a Nota Técnica, na íntegra. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s